Google+ Followers

segunda-feira, 14 de novembro de 2016


Toda a vez que eu me lembro, do meu tempo de criança
Passo horas pensando, e volto á minha infância,
vida na roça, é tranquila e com segurança,
Onde só existe fartura, tudo é em abundância.
A casinha de chão com o coberto de palha,
A chuva no telhado e o cheiro da terra molhada,
O vento assobiando na fresta e o lampião se apagava,
Ouvir o grilo gritando e os passarinhos na alvorada.
Site de poesias



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sonha e serás livre de espírito... luta e serás livre na vida.
― Che Guevara